Maternal

A proposta pedagógica para o Maternal  consiste em manter um ritmo de trabalho que é repetido todos os dias: criar hábitos de higiene, trazer vivências das estações do ano em forma de canções ou versos em cirandas, contar pequenas histórias, que podem ser acompanhadas com bonecos bem simples de teatro ou de dedos.
 
De acordo com suas capacidades, as crianças maiores podem ajudar o educador preparando o lanche, amassando a massa do pão, limpando a mesa etc.
 
A atmosfera tranqüila e alegre reina na sala a partir da postura interior do educador.
 
No pátio externo encontra-se uma ampla área com areia, água, árvores, com baldes de metal, pás, cascas de coco, cordas, carriolas grandes onde se transportam vários materiais e, às vezes, o próprio coleguinha.
 
Neste período, o desenvolvimento da criança dá um grande salto, pois sua linguagem desenvolve-se de acordo com seu domínio motor e por volta dos três anos a criança sente de maneira fisiológica sua individualidade, seu movimento refina-se e começa a relacionar-se com outro colega de maneira mais consciente, trazendo uma diferenciação social em seu brincar.
 
Neste momento avalia-se a passagem da criança para a sala do Jardim.