Ensino Fundamental

No Ensino Fundamental os alunos estudam, além das matérias regulamentadas pelo MEC, duas línguas estrangeiras e se dedicam à grande número de atividades artísticas e artesanais.
 
O currículo em geral, e cada aula separadamente, deve apelar não só ao intelecto, mas ao sentimento, à imaginação criadora e ao desenvolvimento das forças de atuação do aluno, a vontade. O currículo proporciona visão ampla e vivência das matérias, além de possibilitar a aquisição de conhecimentos gerais e preparar o jovem para o exercício da cidadania.
 
De forma geral, o ensino conduz o aluno a aprender através de vivências, pela observação, memorização, caracterização, produção e análise, chegando ao reconhecimento da regra e da abstração.
 
Da imaginação ao pensamento abstrato há uma longa trajetória na qual o professor deve despertar no aluno o entusiasmo pelo estudo e a admiração pela sabedoria universal que se manifesta no homem.
 
As classes do Ensino Fundamental se organizam por faixa etária. O currículo Waldorf tem como base a compreensão das fases evolutivas do aluno e a distribuição dos conteúdos acompanha os acontecimentos próprios de cada fase do desenvolvimento.
 
No Ensino Fundamental da Escola Waldorf Micael, há um professor tutor que acompanha os alunos do segundo ao nono ano para melhor compreender e apoiar o desenvolvimento e as capacidades dos alunos ao longo da vida escolar. É este o professor que ministra as aulas das matérias básicas como Português, Matemática, Geografia, História, Física, Química e Ciências – sempre lecionadas por épocas.
 
A época constitui-se de um período de três a quatro semanas onde uma matéria específica é lecionada diariamente, nas duas primeiras aulas da manhã, propiciando aprofundamento e assimilação duradoura do conteúdo.
 
Além das épocas ministradas pelo professor de classe, existem diferentes aulas ministradas por outros professores. São elas: Inglês, Espanhol, trabalhos manuais, música e flauta, jogos, Educação Física, aquarela, desenho, teatro, marcenaria e modelagem.
 
Os conteúdos cognitivos têm a mesma importância da prática artística, pois ambos são instrumentos da construção de personalidades livres e criativas.
 
EDUCAR significa FORMAR não só o ser humano racional, mas sobretudo o ser humano espiritual moral. Todas as matérias a serem ensinadas não serão um fim em si, mas um meio de formação da personalidade integral.
 
Áreas que são desenvolvidas:
 
Língua materna: Língua Portuguesa
Línguas Estrangeiras: Inglês e Espanhol
Matemática: Matemática, Geometria e Desenho de Formas
Ciências Sociais: História e Geografia
Ciências Naturais: A natureza que circunda a criança e Ciências da natureza
Artes Visuais: Modelagem, Desenho, Pintura, Entalhe / Escultura
Artes Cênicas: Teatro e Euritmia (arte do movimento)
Música: Prática de Instrumentos e Prática Coral
Trabalhos Manuais: Crochê, Tricô, Bordado, Costura, Marcenaria
Educação Física: Ginástica e Esportes
 
Desenvolvem-se como conteúdos de implementação transversal:
 
Ética e Cidadania
Ecologia
Nutrição
Educação Sexual
Drogas / Violência
Racismo
Diversidade cultural / Questão indígena/ Afro descendência, entre outros.